Resultado e Atenção: Confira Algumas Coisas que Você Precisa Saber

resultado

resultado

Resultado e atenção são objetivos de quem trabalha com audiência no geral. Porém é necessário um bom planejamento para que todo o trabalho não seja em vão.

Por isso, neste artigo vamos passear por alguns pontos e, dar algumas dicas, para você tomar melhores decisões. De fato, parece uma escolha simples e intuitiva de ser feita, mas, se não planejada, você pode perder tempo e até dinheiro.

Um erro comum de quem busca trabalhar com redes sociais, é acreditar que, quanto mais atenção mais resultados. Sem duvidas isso é um mito, por diversos fatores, entre eles: Métricas como engajamento, retenção e até mesmo o seu público.

Então, estes são alguns pontos que vamos aprofundar neste artigo. Mas, caso esteja em busca de conteúdo relevante para melhorar suas redes sociais, confira nossos artigos. Temos artigos específicos para as principais redes sociais para bandas, Instagram, Facebook e YouTube, certamente irão te ajudar.

Resultado: O que é? Como definir?

Podemos definir resultado, como um retorno que você teve por conta do seu trabalho.

Então, se o trabalho para construir uma audiência não for o seu hobby, certamente você espera algum retorno. E provavelmente financeiro, afinal, dedicamos nosso bem mais precioso a isso, o nosso tempo.

Sendo assim, é importante definir um resultado. Para isso, analise o que você faz, contextualizando aqui, digamos que você tem uma banda independente. Sem dúvidas, conseguir um show, ou mesmo um contato para isso é um ótimo resultado.

Além disso, vender camisas e o material promocional da sua banda. Tudo isso são retornos “concretos”, tangíveis entendeu? Então defina estes focos, e alinhe sua estratégia de comunicação com objetivos baseados nisso.

Audiência, visualizações e likes não pagam contas

Amigão! Ainda considerando que você tem uma banda independe. Tenha em mente que seguidores, curtidas e quantidade de visualizações não pagam contas.

Por isso, a cada ano que passa as agências e empresas estão mais analíticas neste ponto. Atualmente as marcas querem analisar resultados que você teve com sua audiência, e não o quanto de audiência você tem.

Pense agora como marca, você é guitarrista da banda “HX 123”. Então, com o objetivo de promover seu clipe novo, você paga o cara que tem uma pancada de seguidores no Instagram. Ai no final, depois de um mês você não teve nem 20 visualizações no seu clipe.

Mas, o cara manda uma foto pra você falando que tantas mil pessoas visualizaram as publicações. Agora eu te pergunto! Qual seria sua resposta para este cara que você pagou?

As redes sociais trabalham, e se atualizam constantemente, para evitar que histórias como esta aconteçam.

Bom retorno com pouca audiência

Sim, é possível ter um bom retorno com pouca audiência. Para isso, basta ter a audiência certa, e focar no que realmente é importante, o seu conteúdo.

Pois o que importa, é o engajamento, que é o quanto as pessoas estão envolvidas com você. Ou seja, comentários, compartilhamentos e até compras da camisa da sua banda ou produtos.

resultado-engajamentoCertamente, o engajamento é a melhor prova social positiva do seu trabalho. É isso que ajuda você a ter resultado.

Talvez, já tenha notado um tempo atrás, bandas com grandes números nas redes sociais e levando quase ninguém até os shows. Por outro lado, temos bandas e até músicos com 3 digito nas redes sociais se mantendo com seu trabalho.

Então a partir de agora, foco no resultado e não nos números de vaidade.

As redes sociais são ferramentas complementares

Temos que tomar muito cuidado para não ficarmos reféns das redes sociais. Pois muito se fala de sua importância, porém, o que poucos falam é dos seus riscos e limitações.

Então a partir de agora, comece a pensar nas redes sociais como uma ferramenta de distribuição. Onde você vai compartilhar conteúdos relacionados ao seu trabalho, no caso fora das redes sociais.

Por exemplo, meu objetivo foi tirar você do Facebook, Instagram ou Twitter para batermos este papo aqui. Além disso, sinta-se a vontade para voltar aqui no site sempre que quiser. Normalmente as terças e quintas tem conteúdos novos.

Independente das mudanças, ou mesmo o fim das redes sociais, aqui é o nosso ponto de encontro. Então crie um ponto de encontro com o seu publico que independa das redes sociais. Pode ser um blog da banda ou mesmo um grupo no WhatsApp, como muitas bandas já estão fazendo.

É aquele papo de não depositar todos os ovos na mesma cesta

Um dos perigos das redes sociais é a limitação do seu alcance. Em breve aqui terá um artigo exclusivo sobre alcance.

Em um passado não muito distante, a linha do tempo do Facebook era por ordem cronológica. Ou seja, você via as últimas publicações sempre, além disso, quase 100% dos seus amigos ou seguidores da sua página chegavam a ver sua postagem.

Atualmente o alcance orgânico do Facebook chegou a 0%. Para produtores de conteúdo está mais fácil aparecer na primeira página do Google do que na timeline do Facebook.

Agora imagina quem construiu sua audiência e resultado somente nesta rede social?

Por isso a importância de ter um site oficial, ou qualquer outro meio que não dependa das mídias digitais. Diversifique sempre os meios de ser encontrado, desta forma, você também diversifica os meios de obter resultados.

Considerações finais

Amigão! Foco no resultado, cuidado para não dedicar toda sua energia em atenção e no final não ter retorno.

Além disso, não se esqueça que engajamento é que gera retornos. E não vire refém, dos algoritmos das redes sociais, utilize-as apenas para promover o seu trabalho principal.

Também, diversifique os modos de ser encontrado. Mesmo se em uma determinada mídia você não tiver tanta audiência. Lembre-se, que o importante é ter a audiência correta, pois como dito aqui, uma “pequena audiência” engajada gera resultado.

Os números de vaidade (curtidas, seguidores, reações) enganam muito. Quem dedica toda sua energia em conseguir atenção, naturalmente aumentam este números, mas dificilmente conseguem converte-los em resultado.

Amigão! Este conteúdo foi útil e relevante para você? Deixe o seu comentário aqui ou nas redes sociais que estão ao lado.

E fique ligado nos próximos artigos semanalmente.

 

 

Deixe seu comentário