Banda Black Pantera – De Uberaba, MG Para o Mundo

Banda Black Pantera

Banda Black Pantera

Retomando as atividades! Vamos falar da banda Black Pantera . Pois o Power trio tem representado muito bem nosso rock mundo a fora. Além disso, a banda vem conquistando cada vez mais espaço na cena nacional.

A Black Pantera tem 5 anos de estrada. Porém foi em 2014 que o trio começou a fazer barulho na cena independente e nas mídias especializadas.

A banda é forma por Charles Gama, que é guitarrista e responsável pelos guturais assombrosos. Também pelo seu irmão Chaene Gama no baixo, que da todo o peso na sonoridade, com uns slap cabulosos. E pelo Rodrigo Augusto destruindo tudo na batera.

Sonoridade

Certamente, a sonoridade da banda se classificaria em um “crossover” ou algo dentro do “metal”. Pois de fato é a linha sonora que prevalece.

Porém no geral, a banda passeia pelo punk, hardcore, trash e até brinca com uns batuques mais brasileiros, ironicamente em algumas músicas. Sendo assim, essa versatilidade é o que forma a identidade sonora banda, talvez não única, mas sim, diferente.

Sendo assim, guitarra rápida, viradas de batera e baixo pesado, compõem o som da banda.

Além disso, um destaque no vocal, é a clareza das palavras. Mesmo com todo o “barulho” e os guturais, é possível compreender o que está sendo dito. Isso também é mérito o do Produtor Ricardo Barbosa, de Uberaba, MG. Pois o mesmo gravou os dois álbuns da banda, trabalhou na mixagem e masterização.

Banda Black Pantera e sua mensagem

Com certeza, a banda não se destaca somente pela sonoridade. Pois o som pode até juntar pessoas, mas o que uni pessoas é a mensagem, e isso a banda carrega desde o seu nome.

Isso porque o nome da banda, tem como referencia o movimento Panteras Negras (Black Panther Party ou BPP). Movimento que surgiu em 1966, e foi fundamental para a conquista de direitos pelos negros americanos. Entre diversas outras lutas e conquistas. Por isso, este é um legado que ganhou o mundo.

Então seguindo esta essência, a banda traz em suas letras mensagens fortes e diretas. Além disso, cantadas em português, o que mostra a coragem e ousadia da banda. Isso se analisarmos por uma ótica mercadológica nacional.

De fato, é isso que conecta e uni cada vez mais fãs da banda, no Brasil e no mundo. Pois as músicas trazem críticas sociais, políticas e comportamentais, embasadas em temas extremamente atuais.

De Uberaba, MG Para o Mundo

Antes de tudo, é importante citar que falamos de uma banda independente. Sendo assim, eles fazem todo o corre. No início, enviaram diversas mensagens para produtores e contratantes aqui no Brasil. E nada, até que veio a resposta de algo maior, o Afropunk em 2016 (Edição de Paris).

Além disso, em 2017 a banda foi destaque no Dowload Festival, também na capital francesa. Com isso a banda conseguiu tocar ao lado de nomes como: Slayer, Sepultura, System os a Down, Angra, Krisiun entre outros.

Depois de sair de Uberaba para o mundo, e se destacar em grandes eventos lá fora. As portas começaram a se abrir, junto aos contratantes por aqui, nas terras tupiniquins.

Então depois de todo este exemplo de força, persistência e tantas conquistas, oportunidades aparecem.

No final de 2019 a banda assinou um contrato com a gravadora Deck para lançar um novo disco neste ano de 2020.

Tudo ocorreu após o produtor Rafael Ramos assistir a um show da banda no Circo Voador.

Discografia

Então vamos à discografia da banda Black Pantera, que antes se chamava “Project Black Pantera”. Inclusive este é o nome do primeiro álbum lançado em 2015. Posteriormente o trio tirou o “Project” por questões de identidade visual.

Este álbum conta com 12 músicas, destas, algumas músicas se destacam. Entre elas “Rede Social”, “Ratatatá” e “Escravos”. Pois de cara a banda já mostrou pra que veio, e se posicionou muito bem logo de cara.

Posteriormente, em 2018, a banda já lança o seu segundo álbum, intitulado “Agressão”.

Este álbum abriu muitas portas para a banda. O álbum chamou muito a atenção das mídias especializadas, dentro e fora do Brasil. E isso garantiu uma turnê nacional e internacional.

Além disso, destaque para as músicas “Prefácio”, “Alvo na Mira” e “Extra”.

Clipes

Atualmente a banda tem 4 clipes lançados, todos com grande volume de visualizações.

Além disso, os clipes ganharam repercussão por conta do roteiro e produção. Pois ilustram muito bem a mensagem central das músicas. Destaque para o clipe de “Rede Social” e “Prefácio”.

Pois são críticas sociais e políticas. Pelo fato da banda cantar em português, a mensagem conecta muito. Fora isso, a linguagem que a banda trabalha, também é moderna e direta.

Sendo assim, a mensagem é passada “na lata”, sem rodeios e linguagem figurativa. Com a banda Black Pantera o papo é reto.

Considerações finais

Então apresentamos aqui no retorno do Under Miusic, a banda Black Pantera. Que vem representando muito nossa cena do rock pelo mundo.

Certamente, esta é uma banda diferenciada, e que vai fazer muito barulho nos próximos anos.

De fato, o rock no Brasil não está em alta nas grandes mídias. Porém, na cena underground, tem várias bandas como a Black Pantera, produzindo conteúdo de altíssima qualidade. Além disso, conquistando o mundo.

Infelizmente, revolta ver uma banda tendo que se destacar fora do país, para ter uma “credibilidade” aqui no Brasil. Porém, não é de hoje que isso ocorre, a banda“Sepultura” é um grande exemplo disso.

Sendo assim, vamos valorizar bandas novas, sair de casa e comparecer aos shows. Quem fala que o rock morreu, é porque não conhece a cena underground.

É de aplaudir de pé! Tudo o que a banda Black Pantera conquistou, sem tocar diariamente nas grandes rádios, sem aparecer nos principais programas de televisão. E tampouco em uma mídia como a saudosa MTV.

Acompanhe a banda das redes sociais, e fique ligado nos próximos artigos. Toda 3° e 6°.

Redes Sociais da banda

Facebook: Clique Aqui

Instagram: Clique Aqui

Spotify: Clique Aqui

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário